293895-adagio-no-ballet-saiba-como-esse-passo-e-feito
Danças,  Todos

Adágio no ballet: saiba como é feito!

 

Você realmente conhece qual é o significado de adágio no ballet? A palavra francesa tem origem italiana e significa movimento feito lentamente, sem pressa.

Nas aulas de ballet, o adágio é executado por meio de exercícios que são feitos para conquistar equilíbrio, flexibilidade, fluidez e sentido em movimentos bem lentos e delicados. A realização desses passos permite que as pernas sejam sustentadas no ar.

Nesse post, você vai saber como é feito o adágio e quais são seus benefícios. Acompanhe para saber mais!

Execução de um adágio no ballet

Sabemos que os bailarinos precisam ter grande capacidade de consciência corporal,  muito treino técnico e disciplina para a realização dos movimentos. E para se fazer um adágio, não podia ser diferente, não é mesmo?

Antes de executar sequências em adágio, é importante observar todo o desenho dos movimentos, desde o início até o final, tendo como foco principal o eixo central do corpo. Os movimentos são contínuos e graciosos, objetivando a extensão das pernas para que se possa chegar a uma postura elegante com o equilíbrio necessário.

O adágio vai além da sequência de exercícios. Você sabia que a famosa abertura do pas-de-deux (passo de dois) também é considerada um adágio? Isso mesmo. Nesse passo, a  bailarina é levantada e sustentada com a ajuda de seu parceiro. Dessa forma, ela consegue executar  arrebeques, developpés e até piruetas com equilíbrio e muita elegância.

 

Benefícios da prática do adágio

Esse tipo de prática no ballet possibilita o desenvolvimento de várias habilidades como:

  • melhora da postura corporal e a sustentação do corpo;
  • progresso do tônus muscular e a da capacidade de ligar um passo ao seguinte;
  • aumento da coordenação motora e da harmonia dos movimentos;
  • realização com  qualidade dos mesmos passos quando executados em allegro, de forma ligeira e fugaz;
  • desenvolvimento da concentração e da expressividade;
  • conhecimento dos limites pessoais e compreensão de como ampliá-los;
  • desenvolvimento da graciosidade e leveza, tão necessárias no ballet.

Melhora da prática do adágio

Algumas práticas podem ajudar os bailarinos a trabalhar a execução do adágio no ballet de uma maneira efetiva por meio de:

  • exercícios de flexibilidade como developpés;
  • sequências de alongamentos para fortalecer os músculos e ter mais flexibilidade;
  • abdominais diversos;
  • exercícios de abertura, com espacatos e detirès na barra e no solo;
  •  alinhamento correto do tronco e  sustentação das pernas, além de;
  • passos que ajudem a ter mais harmonia, leveza e equilíbrio. nos movimentos.

O adágio por ser realizado com movimentos lentos, proporciona um melhor entendimento dos passos, contribuindo para a estruturação do corpo na dança, ajudando na prevenção de lesões e até mesmo na correção de problemas físicos.

A repetição dos exercícios de adágio realizados de maneira disciplinada e com dedicação são muito importantes para que os bailarinos possam se aperfeiçoar na arte do ballet e alcançar resultados cada vez melhores.

Você gostou do nosso artigo sobre adágio no ballet? Então que tal compartilhá-lo nas suas redes sociais? Assim, você poderá ajudar mais bailarinos a disseminar esse conhecimento e a atingirem uma ótima performance no ballet.

Evidence - Website - banner dança salãoPowered by Rock Convert