Você sabe como se preparar para a aula de ballet? Entenda aqui!

Diego
5 de dezembro de 2016
0 718 views

O Ballet é uma das modalidades de dança mais tradicionais do mundo, já que vem desde o século XV, na Itália, conquistando dançarinos e apaixonados por essa arte. Por conter passos precisos e movimentos que exigem máxima flexão do corpo, é preciso se preparar antes de fazer uma aula de Ballet. Essa preparação vai deixar o corpo alongado e pronto para executar os passos perfeitos que a dança exige.

Mas você sabe como se preparar para uma aula de Ballet? No texto de hoje, você vai conferir algumas dicas de alongamento e outros hábitos que você deve adquirir antes de colocar o corpo em movimento. Confira!

Aquecimento

É o primeiro passo para a preparação para a aula de ballet. É muito importante aquecer o corpo para prepará-lo para o alongamento e para os exercícios que estão por vir. O aquecimento ajuda o corpo a elevar a frequência cardíaca gradualmente, preparando-o para mantê-la alta na hora de praticar a dança.

Alguns tipos de aquecimento são mais comuns:

Respiração adequada

A respiração profunda antes de começar a dançar é excelente para aumentar a capacidade pulmonar e ajudar na resistência física.

Plié

O famoso exercício do Ballet é considerado o mais importante para o aquecimento. Repeti-lo em séries vai elevar a frequência cardíaca e já começar a aquecer as juntas e deixar os tendões mais flexíveis para os movimentos que estão por vir.

Caminhada

Outro exercício de elevação da frequência cardíaca e de simples execução. Dê passos e movimente os braços durante a caminhada pelo salão. Inicie devagar e comece a aumentar o ritmo conforme sua frequência cardíaca for aumentando.

Alongamentos

É através do alongamento que você vai deixar seus músculos prontos para a dança, aumentando sua flexibilidade, tendo maior amplitude dos movimentos, reduzindo possíveis tensões musculares e minimizando a chance de sofrer de distensões dos músculos. Por isso, a prática é considerada essencial antes de qualquer atividade física, incluindo o Ballet.

São 3 tipos de alongamento que podem ser feitos antes de uma aula de Ballet:

Alongamento passivo – estático ou dinâmico

No alongamento passivo estático, o praticante usa de outros pesos que não os do próprio corpo para alcançar a flexibilidade do movimento. É possível contar com a ajuda de um colega ou com pesos: o dançarino então faz uma posição alongada e se mantém estático por 10 segundos ou mais.

No caso do alongamento dinâmico, são realizados movimentos que oscilam entre ritmos variados e amplitudes diversas.

Alongamento ativo – estático e dinâmico

No caso do ativo estático, o dançarino alcança a flexibilidade que puder sem ajuda, além da própria contração. Por exigir muito do músculo, esses alongamentos são mantidos por até 10 segundos.

No caso do tipo dinâmico, os membros oscilam para ampliar os limites de cada movimento. Eles são realizados em séries e ajudam a conquistar maior mobilidade dos músculos, sempre interrompendo os movimentos caso haja algum sinal de fadiga.

Alongamento isométrico

Este é um tipo de alongamento estático, mas combinado com uma postura de isometria, que consiste em contrair o músculo alongado em uma posição estática. Esse tipo de alongamento pode ter como apoio a parede, o chão e até um colega! O importante é que o apoio não se mova. Durante o alongamento, é preciso contrair o músculo em questão por alguns segundos e depois relaxar.

Preparar-se para a aula de Ballet é fundamental para um bom desempenho durante a prática dessa dança, que exige perfeição a cada movimento. Realizando os exercícios corretamente, você terá seu desempenho cada vez mais melhorado e conseguirá realizar os passos com mais desenvoltura e leveza, atributos essenciais para um bom bailarino.

E então, você pratica aquecimento e alongamento antes da sua aula? Quais são seus exercícios favoritos? Deixe seu comentário!