Quer dançar profissionalmente? Você vai precisar de DRT!

Diego
25 de setembro de 2017
0 100 views

Se você já dança há algum tempo, ama o que faz e está pensando em seguir carreira como profissional, saiba que você precisará, mais cedo ou mais tarde, de um documento fornecido pela Delegacia Regional do Trabalho (DRT).

Em linhas gerais, o DRT é um documento oficial que diferencia dançarinos amadores dos profissionais. Seja para trabalhar em companhias de dança, programas de TV, dar aulas ou participar de projetos em geral, não há como fugir, você precisará ter esse documento. Então preparamos uma lista de informações para você saber, como tirar o DRT.

– Primeiramente elabore um currículo, com nome e idade, contando quais foram suas experiências na área da dança, seus professores, há quanto tempo você pratica a modalidade e quais foram os cursos que você realizou. Se tiver certificados, eles também deverão ser anexados ao currículo;

– Providencie uma cópia simples do seu RG, CPF, comprovante de residência com CEP, da sua Carteira de Trabalho na página da Foto (frente e verso) e uma foto 3×4;

– Compareça ao sindicato de profissionais de dança do seu Estado, entregue os documentos listados acima juntamente com o currículo e efetue o pagamento da taxa de inscrição. Lá mesmo será agendado o dia da sua avaliação com a banca examinadora;

– Com o currículo aprovado, você deverá comparecer no local na data e hora marcados para apresentar uma coreografia, com duração de três a quatro minutos;

– Se for aprovado(a), você receberá instruções a respeito do procedimento para solicitar o seu registro profissional junto a Delegacia Regional do Trabalho.

O processo todo é muito simples, porém pode levar alguns dias. Programe-se e planeje sua apresentação para que tudo saia conforme o esperado. Se você já tirou a sua DRT, comente para nós como foi. Se ainda não, vá em frente e siga sua paixão pela dança!