Saiba como escolher o melhor collant para o seu corpo

Evidence Ballet
20 de fevereiro de 2016
0 644 views

As roupas para dança estão incrivelmente ligadas à moda. O mercado possui diversas opções para que dançarinas se sintam mais confortáveis e bonitas durante os treinos de ballet, jazz ou ginástica. Porém, para muitas, ainda é difícil escolher o tipo ideal para as suas características físicas. Nesse post, vamos ajudar você a escolher o melhor collant. Confira!

Tipos de corpo e o melhor collant

Quando se trata da mulher brasileira, algumas características físicas, como quadril mais largo, são proeminentes, mas não são regra. Por isso, nem sempre o collant que se adapta perfeitamente à sua colega de classe terá o mesmo efeito em você. Então, qual o melhor collant para cada tipo de corpo?

Ombros largos e quadril estreito

O tipo de collant ideal para esse corpo é o com decote cano e mais aberto na parte do pescoço, para dar sustentação ao tronco. Um truque para desviar a atenção dos ombros é investir em modelos com mangas curtas ou com detalhes que atraiam os olhares para o colo, como brilho e drapeados. Para “aumentar” os quadris, use modelos com saias mais volumosas ou collants com a linha de perna baixa.

Ombros estreitos e quadril largo

O oposto do exemplo anterior é conhecido como corpo “pera” – devido ao formato parecido com a fruta: parte superior mais estreita e inferior bem mais larga. O melhor collant para uma dançarina com essas características é o de decote mais fechado, de preferência com golas altas ou mangas longas, que dão uma impressão de amplitude nos ombros. Na parte inferior, evite usar saias. Prefira collants mais cavados e com cores que “afinem” o quadril, como a preta.

​Cintura larga ou barriga saliente

Mais comuns em corpos “ovais”, essas características costumam incomodar muitas mulheres, pois muitos modelos acabam evidenciando o que elas desejam esconder. Se esse for o seu caso, evite collants com detalhes, brilhos ou volumes na região da cintura, e opte por modelos com cores neutras e pequenas pregas laterais, importantes para a sustentação da “barriguinha”, durante os movimentos.

Tronco e pernas curtas

Mulheres mais baixas, com tronco e quadril da mesma largura e pernas curtas, , podem optar por collants com a linha de perna alta, decotes em formato de “V” e abertura funda nas costas, que dão a impressão de tronco e pernas maiores.

Busto grande

Bustos grandes chamam atenção por si só, mas em mulheres do tipo “ampulheta”, com cintura mais fina do que o quadril, eles costumam se destacar ainda mais. Além de disfarçar, o collant deve dar sustentação aos seios grandes, de modo a evitar desconforto durante as aulas e dores nas costas, posteriormente. O melhor modelo é o com tiras mais grossas, costas do tipo nadador e corte de perna alto. Evite decotes cavados e tiras finas, que dificilmente suportarão o peso dos seios durante os movimentos.

Existem mulheres com diversos outros tipos de corpo e a Evidence Ballet oferece modelos de collants e acessórios especiais para cada uma delas. Lembre-se de que cada pessoa possui características físicas próprias que as tornam bonitas e únicas. Por isso, antes de escolher o melhor collant para o seu corpo, se preocupe essencialmente com o seu conforto e bem-estar durante as aulas. E o mais importante: divirta-se. A principal função da dança é melhorar a saúde e, principalmente, a autoestima de quem a pratica.

Qual o seu tipo de corpo e como você escolhe a sua roupa para dançar? Compartilhe com a gente nos comentários!

Evidence Ballet- Coleção Capsula 3 - Banner ecommerce 2