Como se tornar mais autoconfiante na dança de salão?

Diego
23 de junho de 2017
0 126 views

Não é novidade que a dança de salão traz benefícios imensuráveis: melhora a capacidade respiratória, estimula a circulação sanguínea e queima muitas calorias.

Não são só essas as vantagens da dança. A atividade também contribui com alguns aspectos e comportamentos, tornando o praticante mais motivado e feliz. Acredite: a dança é uma aliada e tanta para manter uma vida mais equilibrada e saudável.

Entretanto, a timidez, às vezes, impede que algumas pessoas deem uma chance para esse excelente exercício. Para romper de vez essa barreira, apresentamos algumas dicas para você se tornar mais confiante.

A autoconfiança te dará a força e coragem necessárias para levar adiante a atividade, vivenciando momentos marcados por extrema euforia e alegria. Confira as sugestões e tenha um resultado surpreendente!

Aposte em um visual que te faça bem

A roupa faz toda a diferença no processo de adquirir mais autoconfiança e o motivo é simples: o traje escolhido interfere na forma como você se sente. Ao escolher um visual que gosta, por exemplo, você se sentirá melhor e até mesmo mais confortável para praticar a atividade.

Não existe uma regra aqui. O importante é montar um look que te agrade, deixando-a confiante para realizar a dança de salão.

Ignore os olhares ou opiniões alheias

Os olhares alheios, às vezes de reprovação, são alguns dos motivos pelos quais certas pessoas fiquem intimidadas, acabando por desistir da dança. Não deixe que isso te afete.

O recomendado nesse aspecto é ignorar as críticas. A opinião dos outros não deve ter tanto peso a ponto de deixá-la desmotivada ou com vergonha. Igual já dizia a música do cantor Jair Rodrigues: “deixa que digam, que pensem, que falem (…)”.

Ter esse pensamento fará com que você não se preocupe tanto e tenha mais confiança para fazer o que está com vontade: dançar.

Encontre um bom parceiro

Um bom parceiro não é aquele que arrasa nos passos. Claro que se ele já tiver gingado nos pés e souber guiar é um bom começo. Mas o principal é que ele respeite o seu espaço e entenda os seus limites. O parceiro da dança de salão, nesse aspecto, saberá como te auxiliar, fazendo com que você evolua gradualmente.

Ele transmite segurança, fator que te deixará mais confiante para prosseguir no mundo das artes. Portanto, escolha a dedo quem vai acompanhá-la nesse universo encantado da dança, dando prioridade para aqueles que são animados e motivadores.

Faça aulas de dança

Pense bem: se a pessoa dominasse totalmente a dança de salão, ela não estaria em uma aula específica para isso, certo? Então, ao apostar nessa alternativa você estará rodeado de pessoas que têm o mesmo propósito: aprender a dançar.

Portanto, não é preciso ter timidez e nem vergonha, afinal, todos ali também querem aprender a entrar no ritmo, tendo como aliada a diversão. Ninguém vai ficar reparando quem está acertando ou errando. Por isso, se jogue na atividade e não tenha medo de ser feliz. Fato é que desenvolver a confiança tornará o aprendizado da dança de salão muito mais prazeroso, contribuindo inclusive com a sua autoestima.

Se você gostou do conteúdo e acha que ele pode ser útil para alguns amigos, compartilhe o post em suas redes sociais!

Este é um guest post do Dance a Dois