Veja 4 dicas para escolher a melhor escola de ballet para você

Diego
16 de julho de 2018
0 10 views

Não adianta muito providenciar os melhores produtos para dançar ballet se a escola que você frequenta não aproveita o talento dos alunos, não é mesmo? Por isso, escolher uma boa academia de dança faz toda a diferença na sua carreira como bailarina.

Mesmo que você não encare o ballet como única opção profissional, uma escola com um bom ambiente faz com que você consiga dar o seu melhor. Afinal, bons professores e boa infraestrutura conseguem extrair muita coisa dos alunos!

Para escolher uma escola de ballet, o básico é procurar por indicações, verificar se existem reações negativas àquela academia e fazer uma comparação superficial. Depois disso, você pode começar a olhar os detalhes de cada uma para fazer a escolha certa.

Neste artigo, você vai descobrir 4 dicas para escolher a melhor escola de ballet para você! Confira!

1. Avalie a formação dos profissionais

Esse é o ponto mais importante da sua pesquisa, porque não dá para ser uma boa bailarina com uma instrução ruim. Bons professores também ajudam você a manter a motivação e disciplina para não faltar aos treinos.

O ideal é que os professores tenham formação ou especialização em dança. Nas escolas de ballet, também encontramos ótimos profissionais formados em educação física.

Além da formação, verifique o currículo. Ele já dançou em alguma companhia? Costuma viajar para fazer workshops? Tudo isso conta.

2. Faça uma aula experimental

Apesar de a formação dos professores ser muito importante, o que pode fazer a diferença na hora de você escolher uma boa escola de ballet é a aula experimental. Selecione algumas opções, marque uma visita e faça uma aula experimental com professores diferentes.

Como cada um tem seu estilo, a aula experimental pode mudar tudo o que você achava de determinada escola até o momento. Mesmo sem conseguir dizer ao certo o que lhe atraiu, você sente qual lugar é o ideal para você!

3. Prefira turmas pequenas

As turmas pequenas são um sinal de que a escola leva o ensino a sério e não pensa apenas em lucro. Uma academia de dança profissional precisa focar no seu progresso. Muitas academias criam grupos grandes, principalmente para crianças, e focam mais no ballet como um hobby. Fique atento a essa questão na hora de escolher a escola.

Na prática, as turmas pequenas garantem intimidade e atendimento personalizado do professor, o que pode fazer toda a diferença para você se destacar na academia e se tornar uma dançarina de alta performance.

4. Considere o espaço físico

Um espaço físico bem cuidado reflete como os donos da escola encaram e valorizam aquele lugar. Por isso, seja rigorosa na hora de avaliar salas de dança, banheiros e conservação de móveis. Você vai pagar uma mensalidade e quer receber o mínimo de conforto em troca.

Veja o que você deve observar:

  • a sala de dança deve ser arejada, bem iluminada e espaçosa;
  • espelhos devem cobrir, pelo menos, uma parede inteira;
  • bebedouros próximos às salas fazem a diferença;
  • as barras de ballet devem ter a altura correta;
  • o piso deve ser adequado à prática. No caso do ballet, precisa absorver o impacto.

Uma dica final é observar se existem espetáculos recorrentes para as turmas se apresentarem. Esse tipo de atividade também ajuda a demonstrar como a escola leva a sério a formação dos bailarinos.

Com um pouco de cuidado e atenção a alguns detalhes, você pode escolher uma escola de ballet de qualidade, que realmente faça sua carreira como bailarina crescer e que valorize todos os benefícios dessa prática. Por isso, não se esqueça: avalie a formação dos profissionais, faça aulas experimentais, verifique se existem turmas pequenas e cheque as instalações físicas.

Gostou das nossas dicas? Siga os nossos perfis nas redes sociais (Facebook e Instagram) para ficar sempre atualizada!

Lançamento Completo no Festival de Dança de Joinville
Lançamento Completo no Festival de Dança de Joinville