hd wallpaper, dancer, red-4516788.jpg

12 benefícios do ballet para a saúde

O ballet é uma dança composta por inúmeros movimentos, ideal para quem deseja fazer exercícios físicos intensos e ao mesmo tempo sentir satisfação. Caso você não se identifique com a musculação, mas goste de música e dança, é sinal de que o ballet é um tipo de atividade que você vai se sentir motivado a fazer.

Além de possibilitar o movimento do corpo como um todo, o ballet também é capaz de oferecer inúmeras vantagens para a saúde do corpo e da mente. Pensando nisso, neste post falaremos sobre os benefícios do ballet. Vale destacar que esse esporte é um exercício propício a oferecer bem-estar e qualidade de vida a crianças, jovens e adultos.

Confira nossa lista com 12 motivos para se dedicar às aulas de ballet e desfrutar de tudo de bom que ele oferece! Acompanhe!

1. Eleva a autoestima e o autoconhecimento

Ter boa saúde mental é uma condição de vida que interfere em todo o organismo. Quando a pessoa se dedica à dança, aprende novas coreografias e explora mais sua capacidade de aprendizado. Você passa a conhecer suas limitações e meios de superá-las. Ainda, torna-se mais ciente sobre seu eu. Ao se conhecer mais e buscar melhorar a cada dia, você fica mais seguro e, consequentemente, eleva sua autoestima.

2. Melhora a elasticidade

O ballet é uma tipologia de dança que requer movimentos bastante precisos e membros muito bem alongados. Afinal, a flexibilidade é um agente indispensável para chegar a técnicas perfeitas.

A elasticidade é um fator importante para o corpo, pois preveni dores, evita o encurtamento muscular e ainda promove o fortalecimento de várias musculaturas. Quando os músculos estão tensos, é possível sofrer com algumas dores. Isso também pode comprometer movimentos que são essenciais à medida que envelhecemos.

3. Corrige a postura

Uma postura bem alinhada faz com que a dança se torne mais elegante. É um excelente exemplo para levar para o seu dia a dia, principalmente para pessoas que passam muito tempo em frente ao computador ou têm o mau hábito de se sentarem inadequadamente.

Ter uma coluna bem alinhada protege as articulações e pode evitar várias doenças graves que podem prejudicar o cotidiano e impossibilitar a prática de exercícios. Em casos mais severos, problemas na coluna cervical tornam o deslocamento da pessoa mais difícil e, por vezes, muito dolorido.

4. Promove equilíbrio

Ter equilíbrio é fundamental para realizar vários movimentos, como subir escadas, andar de bicicleta e tantos outros. Além disso, ter um bom equilíbrio ajuda a evitar quedas. As aulas de ballet estimulam o centro gravitacional. Afinal, a dança exige movimentos com giros que podem ser simples ou rebuscados. É possível aprender mais sobre como se equilibrar e ter consciência do seu próprio corpo por meio de técnicas e concentração.

5. Educa a respiração

Assim como em diversas atividades físicas, o ballet requer muito esforço físico. Por essa razão, é fundamental aprender a respirar da maneira certa e utilizar o diafragma corretamente. É importante inspirar e expirar na hora correta e com precisão. Isso dá ao dançarino resistência e perfeição ao executar as coreografias.

6. Potencializa o emagrecimento e a definição muscular

Ao dançar, há a possibilidade de a pessoa perder mais de 400 calorias em cada aula. A dança leva o dançarino a gastar energia de forma saudável e sem muitos esforços ou dores, como acontece nos treinos em academias. Os dançarinos também podem chegar a uma definição muscular bem acentuada ao permanecer praticando essa modalidade de dança.

7. Melhora a memória

Podemos afirmar que o ballet é uma atividade que tem grande influência no desenvolvimento mental dos dançarinos de diversas idades, devido à exigência de algumas sequências bastante complexas e precisas que a dança exige. Ao efetuar esses movimentos, a consciência sensorial e corporal é ativada e, com isso, esses mecanismos são capazes de formar outras infinidades de memórias. Ao praticar ballet, várias áreas do cérebro são estimuladas, como córtex, hipocampo, estriado e amígdala.

8. Desenvolve a sociabilidade

Somos seres sociais, isso é fato. Por ser um tipo de dança que requer que o trabalho seja feito em dupla ou em grupo, o ballet motiva os dançarinos a intensificarem a prática de se socializar com uma diversidade de pessoas, classes sociais, gêneros, estilos de vida etc. Com isso, o praticante desenvolve características essenciais para viver bem na sociedade, como:

  • resiliência;
    trabalho mútuo;
    compreensão;
    respeito às limitações do outro;
    fortalecimento dos laços de amizade.

9. Fortalece o condicionamento físico

Com a continuidade das aulas de ballet, os músculos vão conquistando resistência gradativamente, o que leva o dançarino a alcançar um excelente condicionamento físico. Quando ele é ativado, o bailarino adquire mais equilíbrio para executar os passos com maior assertividade.

10. Aprimora o senso de confiança

O senso de confiança que o balé desperta nas pessoas nasce no momento em que o indivíduo aprende uma coreografia. O processo de aprendizagem requer a necessidade de ter confiança em si, para realizar os movimentos com precisão.

Ao obter segurança, é possível aprender passos mais difíceis e entender que você consegue corresponder aos novos movimentos que são ensinados. O ballet faz com que o senso de fortaleza reflita em todas as experiências vividas no cotidiano, como na vida escolar, profissional, familiar, amorosa etc.

11. Alivia o estresse

Por ser uma atividade física que envolve dança e música, o ballet leva o organismo a produzir os “hormônios da felicidade” (endorfina, serotonina e dopamina). São neuro-hormônios que levam o dançarino a ter a sensação de bem-estar físico e mental. É por essas consequências que o ballet ajuda a reduzir o desânimo, o estresse, a ansiedade e os sintomas da depressão.

12. Queima calorias

O ballet é um tipo de dança que, por mais que alguns movimentos sejam lentos, exige que o organismo libere energia para que eles aconteçam. Dentro do ballet, a musculatura normalmente é muito estimulada devido ao alongamento contínuo dos braços e pernas. Portanto, é um excelente exercício físico para perder calorias e chegar a uma vida saudável.

Percebeu como os benefícios do ballet fazem dele uma das atividades mais procuradas por pessoas que, além de terem amor pela dança, conhecem as suas diversas vantagens para a saúde como um todo? Além disso, quem pratica ballet desde criança e leva o esporte a sério tem um benefício a mais, que é a possibilidade de se desenvolver profissionalmente e se tornar destaque como bailarino em contexto nacional e internacional.

Achou interessante saber que o ballet pode proporcionar tantos benefícios para a saúde da mente e do corpo? Agora, que tal deixar um comentário sobre o artigo? Você pode contar como é a sua experiência com o ballet, se melhorou seu estilo de vida ao fazer esse exercício e o que mais desejar compartilhar.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *