76031-entenda-ja-a-importancia-da-danca-na-reabilitacao-fisica

Entenda já a importância da dança na reabilitação física

A prática de atividades físicas que auxiliem no desenvolvimento cognitivo é muito indicada para todas as pessoas e, especialmente, para quem sofre de alguma deficiência. Nesses casos, a dança é uma excelente aliada da reabilitação física, proporcionando inúmeros benefícios físicos e psicológicos a quem a pratica.

No post de hoje, você vai conhecer alguns desses ganhos e entender como a dança pode ser tão importante nesse processo de reabilitação. Acompanhe!

1. Desenvolve o senso de socialização

Quem tem alguma deficiência passa por uma série de tratamentos que são, em sua maioria, feitos individualmente. Sessões com psicólogos, fisioterapeutas e fonoaudiólogos são essenciais para o desenvolvimento intelectual e físico, mas dificilmente são feitos em grupo.

A dança estimula o contato social, a integração com outras pessoas, que tenham as mesmas deficiências ou não, e promove, assim, uma socialização necessária para que se sintam parte de um grupo e aprendam com as diferenças.

2. Ajuda no desenvolvimento motor

Os passos de dança e a maneira de executá-los são capazes de melhorar o desenvolvimento motor, promovendo a consciência corporal e dando leveza aos movimentos.

Algumas pessoas com deficiência melhoram muito a coordenação motora com a prática da dança, sendo capazes de desenvolver outras atividades físicas e ser autossuficiente para realizar tarefas do dia a dia.

3. Aumenta a capacidade mental

O desenvolvimento e a memorização das coreografias estimulam o cérebro a aumentar a capacidade da memória para que os passos sejam registrados na cabeça enquanto são apreendidos. Com os treinos, as lembranças da coreografia ficam mais intensas e o cérebro se expande.

A complexidade dos movimentos também estimula o cérebro para as novidades, aguçando ainda mais a capacidade intelectual.

4. Funciona como terapia

Separar uma hora para fazer o que gosta é essencial para esquecer os problemas, certo? Pessoas com deficiência também precisam dessa válvula de escape para que possam se desligar por um momento de qualquer preocupação e curtir um tempo de lazer.

A dança funciona como uma verdadeira terapia, já que o sentimento de superação a cada passo aprendido e a aceitação da turma fazem a pessoa se sentir especial, querida e capaz de realizar cada um dos movimentos ensinados nas aulas.

5. Estimula o corpo

Não é só a mente que é estimulada com a dança. O corpo também apresenta inúmeras diferenças depois que a atividade é incluída na rotina. A perda de peso é um dos sinais mais claros, já que algumas deficiências têm como característica o aumento de peso. Por isso, a prática do exercício é essencial para sua manutenção.

Além disso, a dança proporciona um bom alongamento e fortalecimento de todos os músculos, deixando o corpo mais forte e resistente.

A reabilitação física através da dança é muito indicada para qualquer que seja a deficiência, intelectual ou física. A prática dessa modalidade traz benefícios para a mente e para o corpo, aumentando também a autoestima e a confiança de que é possível realizar uma atividade divertida e muito benéfica para todas as idades.

E você, conhece alguém ou tem uma história de superação que aconteceu através da dança? Deixe seu comentário para nós!

20% off + frete grátisPowered by Rock Convert