Como se tornar a melhor escola de ballet do mundo? Saiba mais!

Toda bailarina deseja encontrar a escola de ballet dos seus sonhos, em que possa fazer suas aulas com zelo e vestir a camisa com paixão em festivais e apresentações. Mas será que você sabe tudo o que é necessário para tornar a sua instituição a melhor escola de ballet do mundo? Infraestrutura de qualidade, professores qualificados, um objetivo claro… tudo isso é importante para se destacar nesse mercado.

O caminho não é fácil. Contudo, seguindo alguns passos e tendo atenção em todos os detalhes, é possível, sim, alcançar esse patamar. A seguir, listamos algumas dicas que podem ajudar você nessa jornada.

Foque na infraestrutura

A infraestrutura é fundamental para que os alunos alcancem seus objetivos sem limitações, então é preciso que a escola esteja disposta a oferecer a melhor possível. Fique atento a alguns detalhes como:

  • piso adequado que absorva o impacto, facilite os movimentos e não escorregue;
  • barras de ballet bem fixadas e na altura correta;
  • espelhos que cubram, pelo menos, uma parede inteira;
  • salas bem arejadas, iluminadas e espaçosas que comportem toda a turma e permita o ensaio de variações e repertórios;
  • bebedouros próximos às salas;
  • vestiários com armários para que o aluno possa se trocar e guardar seus materiais;
  • um bom sistema de som para as aulas.

Tenha um objetivo claro em relação ao que deseja oferecer

Isso é importante para que não haja lacunas na escola. Tenha em mente, por exemplo, se as turmas serão divididas por idade e se você oferecerá uma turma para adultos. Os horários e quantidade de aulas semanais por nível também devem ser programadas.

Em relação aos níveis, é importante que o aluno entenda de forma clara o que será aprendido em cada um deles, e se existe uma evolução. Planeje com seus professores se haverá provas ao final dos semestres e como será feita a troca de níveis. O objetivo do bailarino é sempre o crescimento, por isso é preciso oferecer a oportunidade para que ele possa aprender mais e evoluir com o passar dos anos.

Contrate professores com formação e experiência na área da dança

Esse ponto é fundamental para garantir que sua escola de ballet seja reconhecida. Professores sem a qualificação e experiência necessária podem desestimular os alunos e fazer com que eles não evoluam.

Na hora da contratação, verifique o currículo do professor. Avalie se ele é requisitado para ministrar workshops, se já esteve em grandes companhias e se ministra cursos em outras instituições reconhecidas.

Contar com uma equipe multidisciplinar para os alunos também é uma iniciativa interessante. A escola Bolshoi, por exemplo, disponibiliza fisioterapeutas para acompanhamento de seus alunos.

É possível chegar ao patamar de melhor escola de ballet do mundo prestando um bom atendimento e oferecendo um serviço de qualidade com infraestrutura e profissionais qualificados.

Como inspiração, vale ficar de olho em quem já chegou lá, como o Bolshoi, a The Royal Ballet School e a Kirov Academy. Dessa forma, você pode entender em quais pontos precisa melhorar e o que já foi alcançado.

Gostou das dicas? Assine nossa newsletter e receba mais artigos como este, diretamente em seu e-mail.

Powered by Rock Convert