3 curiosidades sobre a dança de forró! - Evidence Ballet
Danças,  Todos

3 curiosidades sobre a dança de forró!

“Olha, isso aqui muito bom, isso aqui bom demais. Olha, quem fora quer entrar, mas quem dentro não sai”. Esse trecho da música “Isso aqui tá bom demais”, do rei do baião, Dominguinhos, define bem o que é uma festa de forró.

A dança de forró é um ritmo contagiante e uma paixão do brasileiro. Isso acontece, pois seu ritmo animado contamina a todos. Quem está tocando, cantando, dançando ou apenas assistido é tomado de muita alegria por esse estilo de dança e música.

Existem várias curiosidades sobre o forró que nos fazem ficar mais apaixonados ainda. Separamos as principais, para você conhecer mais sobre essa paixão do brasileiro. Confira e boa leitura!

1. História do forró

A história do forró gera muitas discussões entre os historiadores, pois existem várias versões sobre o assunto.

A versão mais conhecida conta que, no final do século XIX, os ingleses que trabalhavam nas construções de ferro localizada no Nordeste faziam grandes festas. Algumas dessas festas eram abertas ao público e eles espalhavam placas com as palavras “For All” (que significa, para todos). Com isso, o termo forró se originou pela variação da pronúncia da expressão em Inglês.

Outra versão diz que soldados norte-americanos realizavam festas que eram denominadas de forrobodó, expressão africana que significa arrasta-pé, algazarra, festa pra ralé. Com isso, segundo Aurélio Buarque de Holanda, a palavra forró é a contração do termo forrobodó.

2. Tipos de Forró

Existem três tipos de forró atualmente.

1. Forró pé de serra

O forró pé de serra nasceu em meados da década de 40 e é o mais tradicional de todos os tipos. Na maioria das vezes, ele é formado por um time de três músicos que tocam triângulo, sanfona e zabumba. Os passos são básicos e definidos pelo giro simples da dama. Os grandes representantes do forró surgiram daí, por exemplo, Luiz Gonzaga, Gonzaguinha, Genival Lacerda, entre outros.

2. Forró universitário

O forró universitário nasceu em São Paulo por jovens antenados nas novidades da música e tem influência do Rock`n Roll, Samba, Funk e Reggae. A dança ficou mais estilizada, com giros mais complexos e sequência de passos mais elaborados. Os principais nomes desse estilo são Falamansa, Rastapé, Flor de Mandacaru, entre outros.

3. Forró eletrônico

O forró eletrônico gera muitas polêmicas entre os mais tradicionais, entretanto tem grande sucesso por todo o Brasil, principalmente entre os jovens. A música já tem influência da guitarra, bateria e teclado. É um forró mais pop e os passos são rápidos, com giros complexos. Os nomes mais conhecidos deste estilo são Aviões do forró, Wesley Safadão, Calcinha Preta, entre outros.

3. A dança de forró

Por mais complicado que pareça, a dança de forró não é tão difícil. Algumas aulas e a prática constante fará de você um ótimo pé de serra. A dança é, basicamente, o famoso dois pra lá e dois pra cá seguindo o ritmo da música tocada.

A história conta que o forró é muito parecido com o toré (religião ameríndia) e o arrastar dos pés dos índios combinado com a dança chula (dança típica do sul do Brasil, com origem europeia). Além disso, tem o balançar dos quadris da dança africana. Toda essa mistura faz com que exista o que conhecemos como forró.

Apesar de o forró ser uma dança típica do nordeste, ela é tocada e dançada em todo território nacional. A dança de forró é praticada pelo país em todo o ano, com uma forte crescente no período junino.

Agora que você já descobriu as principais curiosidades sobre o forró, que tal conhecer mais sobre o que saber antes de praticar samba de gafieira? 

Coleção Capsula 4 - novembroPowered by Rock Convert