5 dicas para aumentar a autoconfiança da bailarina

Diego
16 de abril de 2018
0 40 views

Em alguns momentos, nos deparamos com inseguranças que surgem quando somos questionados ou percebemos que algo está fora do padrão. Entretanto, aumentar a autoconfiança é fundamental em qualquer aspecto da vida.

Para uma bailarina, ter segurança e convicção de seus pontos fortes é essencial. Essa atitude é importante para ter firmeza ao realizar movimentos precisos, dar a postura que o balé necessita, se firmar como profissional e para se relacionar com colegas e amigos na vida pessoal.

Quer saber como ser mais confiante e mais feliz em sua carreira e na vida? Continue a leitura deste artigo e acompanhe nossas dicas!

1. Aprenda a ser resiliente diante das dificuldades

A resiliência é a adaptação a qualquer adversidade da vida. Saber agir nos momentos em que algo não saiu como planejado é uma forma de crescimento pessoal que ajuda muito a aumentar a confiança.

Entender que você tem a capacidade de se adaptar a uma situação que está fora do que foi esquematizado traz mais segurança, principalmente para uma bailarina, que precisa saber lidar com erros de coreografia, problemas de som na hora de apresentação, entre outras adversidades.

2. Evite comparações com outras colegas

Querer ser igual a determinadas pessoas não traz benefícios a ninguém. Inspire-se em quem você admira, mas não compare sua vida e sua performance com outras bailarinas. Cada um tem seus próprios limites, e você precisa ultrapassar os seus, não os de terceiros.

Comemorar suas pequenas vitórias sem pensar se isso é grande ou pequeno para as colegas é uma excelente maneira de aumentar a autoconfiança. Portanto, apenas se valorize e procure avançar cada vez mais.

3. Cerque-se de companhias positivas

O círculo de amizade em que vivemos reflete em nosso comportamento. Se você está rodeada de pessoas que criticam demais e não têm alegria ao ver suas vitórias, é hora de pensar em mudar de grupo.

Esteja sempre ao lado de pessoas alegres, que incentivem e inspirem seu trabalho e sua vida. Assim, você entrará nessa energia positiva para correr atrás dos seus sonhos e ter a certeza de que estará fazendo o que pode para alcançá-los.

4. Use bons equipamentos

A autoconfiança vem de dentro, mas também é preciso investir na parte externa para se sentir segura e dar o melhor de si nos palcos. Bons equipamentos são importantes nessa etapa, já que vão garantir que você esteja sempre confortável e confiante durantes os ensaios e apresentações.

5. Trabalhe o autoconhecimento

Saber quais são seus medos, suas virtudes e suas falhas também é importante. Trabalhar o autoconhecimento não é fácil, mas você pode começar meditando, indo a um terapeuta ou fazendo alguns exercícios, como listar situações específicas e o que você sente em cada uma delas. Esse é o primeiro passo para encarar desafios e saber no que você é boa de verdade.

Aumentar a autoconfiança é um passo importante no processo de evolução de uma bailarina, não só pela profissão, mas também pela sua postura perante a vida e suas adversidades. Uma pessoa confiante certamente tem mais desenvoltura para lidar com problemas, pois sabe que eles são passageiros e que sempre é possível ir mais longe.

Agora que você conhece todas as dicas para ter mais segurança, descubra como equilibrar um estilo de vida fitness com a qualidade de vida e mudar sua saúde!