Collant para ballet: quais os tipos e como escolher o melhor?

Você sabia que existem vários modelos de collant para ballet? Por mais que, muitas vezes, chegamos a pensar que só existe um por ser o mais utilizado, existem outros com características distintas e com utilizações para momentos diferentes.

É extremamente importante conhecer todas essas diferenças para não errar na hora da escolha. Por esse motivo, neste post, reunimos os principais modelos que existem para que você escolha o melhor para arrasar nas suas apresentações. Confira!

Collant clássico

O collant clássico é considerado como o modelo mais básico para o ballet. Quando pensamos no figurino da bailarina, geralmente pensamos nele: cores neutras, sem mangas e não muito decotado nem atrás ou na frente. Ele se parece, na verdade, com uma camiseta regata ou um maiô.

Muitas academias de dança que solicitam uniformes pedem que as alunas e bailarinas utilizem esse modelo. Por conta disso é considerado como o mais utilizado. Algumas escolas, aliás, têm normas bastante rígidas sobre as roupas utilizadas — principalmente os conservatórios.

Collant com decotes

Existem alguns tipos de decote diferentes nos collants disponíveis atualmente. A seguir, confira as diferenças entre eles.

Decote na frente

Da mesma forma que as camisetas normais, os collants também podem ser fechados na frente ou até mesmo um pouco decotados. Além disso, alguns podem ser mais retos na frente e com o colo todo fechado. Já outros podem deixar o busto mais marcado e desenhado. Tudo isso dependerá da preferência da bailarina e do quão confortável ela se sentirá com o decote.

Decote nas costas

Bailarinas, normalmente, têm as costas mais magras. Nesse caso, então, a melhor maneira de valorizar essa parte do corpo é com um decote. Além da estética, ele também possibilita uma maior sensação de liberdade para os movimentos. Caso a bailarina precise sentir mais sustentabilidade e segurança — por conta dos movimentos —, os modelos que contam com alças cruzadas são a melhor opção.

Collant com mangas

Existem tipos de collant que contam com mangas. Eles podem ter uma manga só, mangas compridas ou no modelo 3/4. Por conta do corpo se aquecer e a temperatura subir quando a bailarina se movimenta ou se exercita, todos eles são mais indicados para os dias mais frios do ano.

Os collants de manga comprida, aliás, oferecem um charme todo especial. Além de serem ideais para o deixar o corpo mais quente, eles alongam os braços e oferecem mais elegância, o que valoriza ainda mais os movimentos executados durante a apresentação e a coreografia como um todo.

Aliás, para quem tem bustos menores, os collants com uma manga só podem ser mais indicados. Isso porque eles não proporcionam muita sustentação e são charmosos o suficiente para agregar muito estilo ao figurino. Também são indicados para uma aula não tão exigente de ballet clássico, como a de barra.

Além dos vários modelos diferentes disponíveis, é importante levar alguns fatores em consideração para escolher o melhor para você. Por isso, é preciso considerar o tecido de fabricação, o conforto que ele oferece, o tamanho — para que não fique muito largo nem muito apertado — e até a cor, para que ela realce a beleza do figurino como um todo.

Viu só como existem vários tipos de collant para ballet? Com certeza um deles faz o seu estilo e você pode aproveitar para fazer a sua compra em lojas virtuais especializadas, como a Evidence, e aproveitar vantagens como o melhor custo-benefício e o conforto de receber na sua casa ou onde preferir!

Quer garantir o seu agora mesmo? Então acesse essa categoria no nosso site!

Banner evidence sapatilhas