Conheça 4 ritmos latinos e as suas principais características!

O mundo globalizado encurta distâncias e facilita o intercâmbio de ideias e culturas. Mesmo assim, a raiz de certos movimentos artísticos segue intacta há séculos, representando cidades, estados, regiões, países e até continentes, sem sofrer tanto impacto com o passar do tempo.

Os ritmos latinos, por exemplo, são marcas registradas do nosso continente. É bem verdade que muitos deles têm origem de povos que vieram parar aqui devido a diversos motivos, mas a América Latina se diferencia por oferecer tamanha variedade e irreverência quando se fala de música.

Para conhecer melhor os ritmos latinos, continue conosco. Além de uma rápida abordagem sobre o contexto histórico, listamos quatro estilos musicais marcantes dessa região do planeta!

Ritmos latinos: características e influências

A história dos principais tipos de expressão em forma de música da América Latina se mistura com todo o contexto socioeconômico da segunda metade do último milênio. Tanto que boa parte dos ritmos desenvolvidos por aqui vieram de dois continentes em especial: África e Europa.

O reinado de Luís XIV, na França, organizava eventos de baile para entreter a nobreza, e o sucesso da chamada contradança francesa caiu nas graças de outros povos, como o espanhol. Assim, algumas colônias caribenhas, entre elas Haiti, Cuba e República Dominicana, foram influenciadas pelo ritmo.

A escravidão representou outro fator de impacto à época. Pessoas escravizadas oriundas da África e rumo ao trabalho forçado na América Latina também importaram novos estilos ao nosso lado do oceano. Danças religiosas com origem na Nigéria e em Camarões chegaram com grandes grupos étnicos africanos.

Era questão de tempo, então, para que a contradança europeia se misturasse aos instrumentos musicais e à expressão corporal da África. A consequência? O nascimento de inúmeros estilos, conforme veremos a seguir.

Quatro principais ritmos latinos

Agora que conhecemos o grande fator responsável pela diversidade de características encontrada na América Latina, é hora de listar os quatro estilos musicais mais conhecidos.

1. Tango

Ainda nos anos 1880, os subúrbios de Buenos Aires viraram palco da mistura de vários ritmos hispânicos. O flamenco, principal deles, fez combinação de sucesso com a milonga, dança já existente na Argentina.

A reputação inicialmente atrelada à sensualidade causou incertezas no início, mas o tango se desenvolveu e, com seu caráter melancólico, ganhou força a nível mundial no começo do século XX. Muito por conta de Carlos Gardel, histórica figura do ritmo.

2. Cumbia

Colômbia e Cuba criaram, juntas, a cumbia. A comunidade negra colombiana, sobretudo influenciada por estilos de música cubanos, criou o que se chamava de ”dança dos escravos”. Na costa norte do país sul-americano, a cumbia cresceu.

Lembrando um pouco a salsa cubana, esse ritmo latino exige total sincronia entre o par de dançarinos. Afinal, os pés de um devem ser mantidos na frente dos do outro durante a apresentação. A cumbia se popularizou por todos os países de língua espanhola da América do Sul.

3. Conga

Chutes para os lados e saltinhos para a frente e para trás: esses são os passos que definem a conga. Instrumentos de percussão também cumprem um papel fundamental nesse ritmo, que surgiu como um estilo de rua.

O cubano Desi Arnaz, famoso por integrar a série televisiva I Love Lucy, teve bastante relevância na disseminação da conga, fazendo a dança chegar aos Estados Unidos. A partir dos anos 30, porém, o estilo perdeu popularidade, apesar do forte impacto inicial.

4. Merengue

Desde o século XIX, o merengue faz parte da cultura latina. Trata-se de uma vertente musical baseada em instrumentos de corda, especialmente percussão, acordeão e violão, com movimentos combinados no quadril e pélvis.

De alta influência africana, o merengue foi reconhecido como ritmo nacional da República Dominicana. Vale lembrar, entretanto, a participação do Haiti nas raízes do estilo, e também sua popularidade em países como Colômbia e Venezuela.

Os ritmos latinos são ricos em elementos culturais de diferentes povos, conforme observamos. Para aprender mais sobre esse incrível universo de diversidade, é fundamental estudá-los a fundo, dominando-os a partir do treinamento dedicado.

Gostou de conhecer os principais estilos musicais da América Latina? Então, que tal compartilhar o post nas redes sociais e levar o conteúdo até seus amigos?

teaser coleção For youPowered by Rock Convert