Conheça 3 exercícios para melhorar o colo de pé no ballet

Um colo de pé proeminente, no ballet, é um atributo muito cobiçado. É associado a mais beleza em posturas e poses e, para algumas pessoas, dá a impressão de um melhor desempenho ao subir na ponta.

Esse ideal estético pode gerar frustração em quem não percebe qualquer curvatura na região ou tem uma acentuação leve. Mas é possível fazer exercícios simples que, além de valorizá-lo mais, vão deixar seu colo de pé forte para sustentar o peso do corpo e dar mais precisão nos movimentos. Quer saber mais? Continue lendo!

A verdade sobre o colo de pé

O termo “colo de pé”, comum na dança (com destaque para o ballet), refere-se àquela região dorsal do pé. Ela normalmente tem uma curvatura, que pode ser menos ou mais acentuada. Em termos anatômicos, o colo do pé pode ser definido como a região entre o tarso e o metatarso.

Quando falamos de estruturas ósseas, não tem para onde correr: não se modifica ossos de forma simples. Mas vale ressaltar que a curvatura naturalmente acentuada pode estar associada à maior incidência de dores na região plantar e dificultar o uso de certos sapatos.

No entanto, praticar exercícios para colo de pé não é prejudicial — muito pelo contrário, vai melhorar seu desempenho no ballet e a saúde dos seus pés. De quebra, ainda ajuda a valorizar o formato, dando a impressão de uma maior curvatura.

Os 3 exercícios que você deve fazer

Existem exercícios simples que visam promover o alongamento e o fortalecimento dos pés. Alguns são excelentes também para valorizar mais o formato deles, resultando num efeito de curvatura mais acentuada, e é deles que vamos falar a seguir.

1. Faça flexão com os pés

Com um dos pés plano no chão, coloque o outro na meia ponta e, em seguida, na ponta. Empurre a região do colo de pé para a frente para alongar. Depois, volte para a meia ponta e para a posição inicial. O recomendado é que a sequência seja feita 10 vezes com cada pé. Uma variação desse exercício é o tendu decomposto, em que você realiza os movimentos em sexta posição (pés juntos e paralelos), com deslocamento frontal do pé.

2. Puxe a toalha

Ponha uma toalha de rosto no chão, apoiando o pé sobre a barra dela. Puxe a toalha com os dedos dos pés repetidamente, trazendo-a para si até o final. Isso favorece o fortalecimento e a definição da musculatura. Faça com um pé de cada vez, com 5 repetições para cada. Você pode fazer o exercício em pé ou no chão, em posição sentada ou reclinada. Também pode realizar o mesmo movimento sem a toalha.

3. Estique

Que tal aproveitar o momento em que você está vendo TV, por exemplo, para alongar seus pezinhos? Sentando numa cadeira, sofá ou afins, apoie os dedos no chão, esticando-os bem, e empurre o pé para a frente e para baixo, projetando o colo. Segure a posição por alguns segundos. À medida que for se acostumando, aumente gradualmente o tempo.

Outras formas de trabalhar os pés

A chinerina, acessório comumente vendido em lojas de artigos de dança, é usada para alongar o pé e aumentar a curvatura. Pode ter base de madeira e a parte superior em borracha, e se assemelha muito a um chinelo slide. É eficaz, mas o mau uso pode resultar em problemas como tendinite. Então use com cautela!

Andar de pés descalços também é uma boa. O uso constante de calçados enfraquece a musculatura, então, sempre que puder, abra mão (ou pé)! Ande assim ao menos por 10 minutos diários. Quando estiver na praia e não houver ninguém em volta, ande chutando a areia! Ao fazer isso, curve bem o pé, projetando o colo.

A valorização do colo de pé no ballet é, em parte, um padrão estético, e nos sentimos impelidos a nos adequar a padrões. Não precisa se sentir mal por isso ou se desligar completamente desse ideal, mas coloque sua saúde em primeiro lugar e valorize os benefícios que os exercícios mencionados trazem para o seu desempenho no ballet. Os efeitos estéticos são apenas extras. Além disso, entenda que não existe pé certo para dançar: o importante é fazer bom uso dos seus.

Você já reparou em como é a anatomia dos seus pés? Compartilhe nos comentários!