Sandália ou sapato de dança: como escolher?

Um dançarino pode ser conhecido pelos seus sapatos ou sandálias. Cada estilo de dança pede um determinado calçado. O que seria do tango sem o salto alto? Do ballet sem a sapatilha? Ou do Michael Jackson sem seus famosos mocassins?

Além da importância na composição do figurino, a escolha da sandália ou sapato de dança envolve segurança e saúde. A decisão equivocada do calçado de dança pode aumentar o risco de tombos e lesões, e também prejudicar o desempenho durante os ensaios e apresentações. Saiba aqui as melhores dicas para escolher seu calçado de dança.

Considere o tamanho do salto

Quanto mais alto e mais fino, mais inadequado é o salto para a dança, especialmente para aulas e ensaios. Os sapatos de salto muito alto são elegantes e ficam muito bonitos nas apresentações de bailarinas profissionais, mas não devem ser usados com frequência.

Eles sobrecarregam as articulações dos pés e prejudicam o equilíbrio. Considere saltos baixos e de base larga que facilitam a distribuição do peso e os movimentos da dança.

Experimente a sandália ou sapato de dança para testar o conforto

Seu calçado ficará nos seus pés durante muito tempo, não apenas na hora das apresentações, mas também durante as aulas e ensaios. Portanto, é importante experimentá-lo e testar o conforto, já que sua rotina vai exigir muito dele, e ele dos seus pés.

Algumas pessoas preferem usar um calçado menor para ir a uma festa, por exemplo. Não cometa esse erro com seu calçado de dança, que deve ser adequado para essa atividade física intensa.

Faça a escolha adequada ao estilo de dança

A maior parte dos estilos de dança pede determinados tipos de calçados. Não é possível praticar sapateado de sandália, ou break de coturno. Sua professora de dança pode fornecer algumas orientações sobre o tipo de calçado mais apropriado para estilo, mas cabe a você encontrar o par que te deixa mais à vontade.

Alguns estilos, como a modalidade street dance, pedem tênis esportivos para resistir aos pulos e piruetas típicos do estilo. Para tango, bolero e outras tradicionais danças de salão, a bailarina bem preparada deve vestir um sapato com algum salto (mas não precisa exagerar), pois isso ajuda a deslocar o peso do corpo, possibilitando a melhor execução dos movimentos.

Em todo caso, evite sandália ou sapato de dança com sola de borracha. Você precisa de um calçado que deslize, se movimente com facilidade, e não um solado com aderência. Pelo mesmo motivo, não pratique dança em qualquer piso. A dança pode tanto danificar a superfície, quanto causar lesões. Tudo vai depender do esforço empregado. Alguns bailarinos chegam a espalhar talco no chão para os ensaios!

Procure lojas especializadas

Na hora de comprar uma sandália ou sapato de dança, o mais adequado é procurar uma empresa especializada, em vez de fazer compras em uma loja comum de calçados. A equipe da loja vai entender melhor as suas necessidades. Funcionários acostumados com o mercado têm mais experiência em atender a pessoas com o seu tipo de demanda.

Quer comprar uma sandália ou sapato de dança? Então entre em contato conosco e vamos ajudar você a escolher o calçado perfeito

Powered by Rock Convert