Entenda agora a correta posição dos braços no ballet clássico

Os braços são uma parte importante do ballet clássico. De acordo com a posição em que estão, eles podem fazer toda a diferença na movimentação e equilíbrio do bailarino no palco. Além disso, auxiliam em giros e tornam a postura mais bonita e harmoniosa.

Dependendo da escola e método dançado, a posição dos braços no ballet pode ter nomenclaturas diferentes, por isso, é importante conhecer cada uma para evitar confusões.

Quer tirar suas dúvidas sobre o assunto? Então continue a leitura.

Método francês

  • Bras au repos: essa é a posição preparatória do método, que consiste nos dois braços em posição arredondada e com as mãos próximas às coxas.
  • 1ª posição: nessa posição, os braços também estão arredondados, no entanto, a altura das mãos fica na direção do umbigo.
  • 2ª posição: os braços ficam abertos e afastados, ao lado do corpo, sem que a altura ultrapasse os ombros.
  • 3ª posição: um dos braços fica aberto, como na segunda posição, e o outro fica acima da cabeça.
  • 4ª posição: um dos braços fica na direção do umbigo e o outro acima da cabeça, sem que nenhum dos dois ultrapasse o meio do corpo.
  • 5ª posição: os dois braços ficam arredondados acima da cabeça, com as mãos próximas. Os braços não podem ir para trás da cabeça, e é preciso que o bailarino consiga enxergar os dedos apenas com o movimento dos olhos.

Método italiano

  • 1ª posição: os braços ficam arredondados na altura das coxas, e mais afastados, de forma que os dedos quase toquem a parte de fora das pernas.
  • 2ª posição: é a mesma posição do método francês.
  • Demi-seconde: os braços ficam ao lado do corpo como na segunda posição, no entanto, também esticados, com as palmas das mãos viradas para baixo, em uma diagonal.
  • 3ª posição: um dos braços arredondado na altura da coxa e o outro esticado ao lado do corpo com a palma para baixo.
  • 4ª Posição en avant: corresponde à quarta posição do método francês.
  • 5ª Posição en bas: equivale ao bras au repos do método francês.
  • 5ª posição en avant: corresponde à primeira posição do método francês.
  • 5ª posição en haut: equivale à quinta posição do método francês.

Método russo ou Vaganova

  • Bras bas: corresponde ao bras au repos do método francês.
  • 1ª posição: é a mesma posição do método francês.
  • 2ª posição: é a mesma postura do método francês.
  • 3ª posição: equivale à quinta posição do método francês.

Método inglês ou Royal

  • Bras bas: corresponde ao bras au repos do método francês.
  • 1ª posição: é a mesma posição do método francês.
  • 2ª posição: é a mesma postura do método francês.
  • 3ª posição: um dos braços fica arredondado ao lado do corpo e o outro à frente do corpo, na altura do umbigo.
  • 4ª posição: equivale à terceira posição do método francês.
  • 4ª cruzada: corresponde à quarta posição do método francês.
  • 5ª posição: é a mesma posição do método francês.

Apesar de as posições de braços no ballet clássico seguirem um padrão, elas podem apresentar algumas mudanças na nomenclatura de acordo com o método seguido. Com exceção do italiano, todos os outros estilos utilizam sempre braços arredondados e mãos apontadas para dentro. Lembre-se de manter um bom fortalecimento muscular e realizar os movimentos com suavidade e precisão.

Gostou do post? Aproveite para conhecer um pouco mais sobre os ballets de repertório.

teaser coleção For youPowered by Rock Convert